MEIO AMBIENTE

O impacto real dos alimentos que ingerimos no meio ambiente

11/14/2018

Comer é uma das principai funções do nosso dia a dia e também uma das mais prazerosas, diga se de passagem. Entretanto, você sabia que dependendo do que comemos, pode oferecer um diferente impacto no meio ambiente? Nosso meio ambiente clama por cuidados, até mesmo as condições climáticas estão se modificando ano após ano devido aos impactos ambientais causados pelos humanos em geral. E realmente extremamente necessário tentarmos ter o máximo de cautela com os tipos de alimentos que ingerimos, de modo a salvar este nosso tão lindo planeta.

Sustentabilidade podemos resumir como ações para que nao aconteca grandes poluições, que o lixo seja reciclável, economia de água e a busca de novas fontes de energia.

Antigamente, os humanos consumiam apenas carne, raízes, frutas e outros tantos alimentos nos quais não eram necessárias grandes mudanças ambientais.

Ano após ano, o homem passou a criar distintas formas de tratar o solo para produzir mais alimentos, assim como decaiu o contato direto que cada ser humano tinha com a natureza para obter sua própria comida. Devido a grande demanda as indústrias então começaram a usar formas artificiais de otimizar a produção de alimentos, como por exemplo fertilizantes, pesticidas, hormônios. Tudo isso sem contar com o plástico das embalagens e combustíveis altamente poluentes utilizados no transporte para tal.

E então, como podemos ajudar?

Devemos ter em mente que tudo aquilo que comemos afeta de um modo direto ou indireto a saúde do nosso meio ambiente e o impacto que irá gerar nele, mesmo que no futuro.

A partir de hoje, é necessário que você se atente em como esse alimento foi produzido desde o início. Por exemplo, se os adubos utilizados na plantação nao sao químicos, se os fertilizantes não possuem metais pesados, nitrogênio, fósforo ou potássio. Estas substâncias, além de causar dano para sua saúde, pode ocasionar também danos para a água, através da contaminação do lençol freático. Importante também tomar cuidado se algum alimento não foi modificado geneticamente, isto é, os chamados transgênicos.

A carne animal também produz efeito negativo para o meio ambiente, pois os gases que os animais produzem atualmente afetam a camada de ozônio, sendo que seus buracos pode ser considerado um dos fatores para o aquecimento global.  Portanto, diminuir seu consumo colabora com o planeta.

Por fim, consideremos também a necessidade de se optar por alimentos orgânicos e com menos embalagem possível. Muitos deles ainda utilizam o plástico e, apesar de ter algumas versões recicladas, muitos resíduos poluem a natureza, principalmente os oceanos.

De pouco em pouco, se cada um de nós fizer a sua parte, poderemos quem sabe, estender a vida a saúde de nosso lar, o planeta Terra.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *